FacebookTwitter Hoje é domingo, 25 de junho de 2017
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Homem é executado a tiros no Açude saiba mais Metodologia do PPA é apresentada ao Conselho das Cidades; documento será enviado para câmara em agosto saiba mais
Previsão para todas as cidades
º º
MÍNIMA
MÁXIMA
 

   

Farmácia Popular de Volta Redonda está sem medicamentos de uso contínuo

FOTO: TÂNIA CRUZ
 
   
  Farmácia Municipal está com falta de medicamentos - Foto: Tânia Cruz  

Há vários meses, dezenas de usuários da Farmácia Popular Municipal vêm se queixando da falta de medicamentos de uso contínuo. Segundo os reclamantes, faltam na prateleira da unidade Sinvastatina, Atenolol, Vitamina do Complexo D, Insulinas, Fitas para medir o Diabetes, Losartan 50mg, Omeprazol e Betametasona. Disseram que várias reclamações já foram feitas e agora aguardam para saber quais serão as ações do Governo Municipal em relação a essa situação.
Segundo os usuários, com as reclamações, querem saber se o atual prefeito
tem ciência de que muitos pacientes estão tendo que comprar seus medicamentos básicos sem serem ressarcidos e quais as medidas serão tomadas pelo poder público neste caso. A dona de casa Maria Aparecida de Sousa, 49 anos, é uma delas. Disse que faz uso diário do medicamento Losartan 50mg e que há vários dias não encontra na farmácia. Declarou que várias vezes teve que comprar, mas em outras, ficou sem, pois não dispunha do dinheiro para adquirir.
O assunto chegou ao Legislativo através do vereador Isaac Bernardo de Araújo (PEN) que, na segunda-feira, 20, enviou requerimento, solicitando que o prefeito Samuca Silva (PV) informe sobre essa falta de medicamentos na Farmácia Municipal de Volta Redonda. O parlamentar informou que foi procurado por diversos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que têm solicitado explicações sobre a falta dos medicamentos. “Recebi a denúncia de munícipes que procuraram a Farmácia para retirar os remédios prescritos por médicos da rede pública e disponíveis na lista do SUS e que foram informados que essas medicações estavam em falta”, explicou o parlamentar.
O vereador relatou ainda que, alguns medicamentos são de responsabilidade do município e outros do Estado. Lembrou que esses que estão em falta, na maioria são considerados “simples”, mas indispensáveis para o tratamento dos usuários. “Solicitamos informações por parte da Prefeitura e gostaríamos de saber quais serão as ações do governo municipal em relação a essa falta de medicamentos. É preciso saber se a Prefeitura tem ciência de que muitos pacientes estão tendo que comprar seus medicamentos básicos sem serem ressarcidos e quais as medidas serão tomadas pelo Poder Público neste caso”, destacou o parlamentar, ressaltando que aguarda resposta.
Ao A VOZ DA CIDADE, o coordenador da Farmácia Municipal, Sérgio Fabença, informou que a unidade recebeu, na última semana, R$ 250 mil em medicamentos da Atenção Básica, que já estão em processo de distribuição. E a previsão para que o estoque esteja completo é nos dez primeiros dias do mês de março.
Esclareceu ainda que, a nova gestão municipal encontrou a farmácia com 50% de sua capacidade. Já na última semana de janeiro foi finalizado o pregão para contratação de empresas fornecedoras. O processo seguiu com os trâmites legais e estas empresas receberam a documentação necessária para iniciar a entrega dos medicamentos, que pode ser feita em um prazo de

Postado em 22/02/2017 22:46:32
 
 
 
   
Outras notícias
18/11/2019 Veículos do transporte escolar passam por fiscalização
19/07/2019 Presidente do Sicomércio palestra sobre o dia do comércio
17/01/2019 Saae implanta sistema de medição com uso de smartphone
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

Prefeitura comemora número positivo de empregos na cidade
Sindicato promove Ciclo de Capacitação
 
APL Metalmecânico quer aproximar empresas do setor de petróleo e gás
 
Sindicato solicita cumprimento dos direitos dos funcionários da Cohab
 
 

Cidade

Veículos do transporte escolar passam por fiscalização
BARRA MANSA
Presidente do Sicomércio palestra sobre o dia do comércio
Saae implanta sistema de medição com uso de smartphone
FAZENDO O BEM
Associação dos Deficientes comemora 22 anos com mais de dois mil cadastrados
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.  
AM4