A Voz da CidadeVoltar

Economia

Encerrada greve dos trabalhadores da Construção Civil

04/09/2013

VOLTA REDONDA

Depois de quase uma semana em greve, os trabalhadores da Construção Civil decidiram, nesta manhã, encerrar o movimento. A decisão foi tomada durante assembléia realizada na Praça Juarez Antunes, na Vila Santa Cecília. Segundo declarou o presidente do Sindicato da Construção Civil, Dejair Martins, a decisão de terminar a greve foi dos próprios funcionários que, na manhã de terça-feira, optaram por continuar com as atividades paralisadas.

Dejair Martins explicou ainda que, também na terça-feira, os funcionários tinham recusado a proposta negociada com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário (Sinduscon), na segunda-feira, em mesa redonda no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no Rio de Janeiro. Segundo informou o presidente do Sinduscon, Mauro Campos Pereira, os empresários do setor vêm trabalhando há cinco anos para a recuperação salarial da categoria e que, no caso do aumento de 9% do piso salarial, o índice representa um reajuste de cerca de 40% acima da inflação. De acordo com ele, é necessário levar isso em conta. 

Hoje, os trabalhadores decidiram retornar ao trabalho depois que a direção do Sinduscon declarou na terça-feira que iria retirar as propostas apresentadas na audiência de conciliação no TRT e aguardar o julgamento da legalidade da greve. Conforme foi acordado na mesa redonda no TRT, a categoria irá receber 9% de aumento no piso salarial, 8% de reajuste geral, além da cesta básica que passou de R$ 80 para R$ 120 para toda a categoria de dentro das indústrias, como a CBSI, no interior da CSN, e mais R$ 80 para os que atuam fora das empresas. Os trabalhadores serão beneficiados também com aumento de 10% no valor da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), que atualmente é de R$ 350. Outro benefício  conquistado é que é as empresas concordaram fornecer almoço para os empregados de fora das indústrias a partir de janeiro de 2014. As conquistas do Acordo Coletivo irão beneficiar cerca de 15 mil funcionários de quase 300 empresas em toda a região.

Comentários

  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!

Comentar

  • Nome:
  • E-mail:
  • Comentário:

Notícias Relacionadas

Plantão
da Voz da Cidade
Dia da Bandeira é comemorado com solenidade na sede do 37º BPM saiba mais

TwitterFacebook