FacebookTwitter Hoje é sexta-feira, 29 de agosto de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Obra da nova Unidade de Saúde da Família é inaugurada saiba mais Palestra orienta jovens sobre os perigos das drogas saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
16º 23º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Seis mil trabalhadores conquistam reajuste salarial

SUL FLUMINENSE

Na terça-feira, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Montagem Industrial, junto ao Sindicato das Empresas de Engenharia de Montagem e Manutenção Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Sindemon), assinou a Convenção Coletiva que traz reajustes salariais e mais alguns benefícios aos mais de seis mil trabalhadores da montagem industrial do Sul Fluminense.

O aumento salarial varia de 10% a 19.95% e será retroativo a 1º de fevereiro. O reajuste está garantido na Convenção Coletiva de 2012-2013 da categoria. Além dos aumentos salariais, a Convenção Coletiva teve outros benefícios conquistados, entre eles cesta básica no valor de R$ 170, uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) que chega a 100% do salário nominal, mais 60% de hora extra praticada no decorrer da semana e 80% aos sábados. A proposta patronal que fechou essa convenção foi aprovada pelos trabalhadores da base territorial do sindicato que reúne os municípios de Barra Mansa, Resende, Itatiaia, Quatis, Porto Real, Rio Claro e Volta Redonda.

De acordo o presidente da entidade, Dejair Martins, o menor piso profissional teve um ganho significativo e ficará em R$ 1.190,20, alcançando um reajuste de 19.95%. “O piso do ajudante passa de R$ 712,80 para R$ 809,60, com o fechamento da Convenção Coletiva, o que representa um reajuste no momento de 13.5%. A partir de 1º de fevereiro do próximo ano haverá mais 5% de reajuste aos salários dos ajudantes, que será somado ao novo aumento negociado nesta outra data base”, explica o presidente, que completa dizendo que mesmo o reajuste geral de 10% que os trabalhadores que ganham acima do piso receberam representa um ganho real de 4.37%, superior à inflação do período, calculada em 5.63%. “A cesta básica atinge o reajuste de 113% ao passar de R$ 80 para R$ 170, e a PLR chega a mais de 40%”, finaliza Dejair.

 

Postado em 23/03/2012 13:25:36

 
 
 
   
Outras notícias
29/08/2014 Balcão de Direitos presta orientação jurídica gratuita
29/08/2014 Tribunal Regional do Trabalho realiza sessão no interior
29/08/2014 Brechós crescem na região
 
Comentários
01  quem trabalha de quarta a domingo isso e certo existe alguma compensaçao diferenciada de quem trabalha de segunda a sexta. pra mim folgar domingo eu tenho que trabalhar uma terça antes e nao ...mais
| 27/03/2012 19:15h
 
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

Balcão de Direitos presta orientação jurídica gratuita
RESENDE
Tribunal Regional do Trabalho realiza sessão no interior
 
Brechós crescem na região
 
VOLTA REDONDA
Centro de Negócios Volta Redonda: um novo conceito de fazer negócios
 
 

Variedades

Beldades vão representar Angra em concursos de beleza
'Vinícius de Moraes... É demais!' encerra temporada no Casarão Penedo
Cidade do Aço aniversaria e fãs ganham show de Luan Santana
Elas constroem a própria história
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.