FacebookTwitter Hoje é quinta-feira, 31 de julho de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Comissão da Verdade quer homenagear Dom Waldyr Calheiros saiba mais Médicos podem entrar em greve geral por tempo indeterminado saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
14º 23º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Preso suspeito de integrar quadrilha que controla o tráfico na Vila Delgado

FOTO: AIRTON SOARES
Tuca foi flagrado entregando maconha para um menor de 17 anos

BARRA MANSA

Emerson Ferreira da Silva, o Tuca, 24 anos, foi apresentado, hoje pela manhã, à imprensa pelo delegado, Ronaldo Aparecido. De acordo com o policial, mesmo não tendo passagem pela polícia, ele é suspeito de integrar uma quadrilha que o controla, atualmente, o bairro Vila Delgado. A prisão aconteceu quinta-feira, na Avenida Presidente Kennedy, por volta das 19 horas, durante uma operação da Polícia Civil.

O delegado contou aos jornalistas que, a prisão de Tuca é uma continuação das ações, que vêm sendo realizadas pela Polícia Civil em toda a cidade, principalmente nos bairros denominados pelos traficantes. Ainda segundo o delegado, o suspeito foi flagrado no momento em que passava 20 gramas de maconha para um menor de 17 anos. O adolescente foi apreendido e, em seguida, entregue aos pais. Ele teria informado aos policiais que é usuário de drogas e há um ano compra entorpecente na Vila Delgado.

Com Tuca, os policiais encontraram R$ 152 em dinheiro. “Desse total, R$ 50 ele havia acabado de receber do adolescente para pagar a droga adquirida”, declara o delegado, ressaltando que os traficantes estão usando esquema de esconder a droga em locais mais distantes de onde eles estão agindo para dificultar a ação da polícia no momento do flagrante. “No caso de Emerson, ele irá responder por tráfico de drogas qualificado por envolver menor, o que é mais agravante. Crimes que os suspeitos envolvem menores a justiça considera gravíssimos. Com isso, os envolvidos recebem pena maior”, completa.

Durante a apresentação, Tuca negou participação no tráfico de drogas na Vila Delgado e, principalmente, qualquer envolvimento com outros suspeitos. Ele garantiu que é apenas usuário de drogas e que nunca fez parte de nenhuma quadrilha.

BRIGAS

Segundo o delegado, há anos traficantes rivais vêm brigando para assumirem o tráfico de drogas na Vila Delgado. Em uma dessas guerras, de acordo com o delegado, Tuca, que faria parte da quadrilha de

“Silvinho Pomba Gira”, homem que estaria chefiando o tráfico de drogas na Vila Delgado, foi vítima de uma tentativa de homicídio ocorrida em junho do ano passado. O delegado garantiu que, após investigações, foi constatado que os autores dos três disparos seriam “Tiago Cabeça” e “Juninho Nazaré” (ambos presos) suspeitos de integrarem a facção do Comando Vermelho (CV). “Tiago Cabeça e Juninho Nazaré pertencem a facção rival, o 3º Comando, e teriam ido à Vila Delgado para executar “Silvinho Pomba Gira”, mas não o encontraram. Por isso, acabaram atirando contra Tuca que não soube informar porque foi ferido”, diz o delegado.

Ronaldo Aparecido lembrou que, mesmo fazendo de facções diferentes, os envolvidos teriam entrado em acordo para um não incriminar outro. Inicialmente, ainda conforme o delegado, Tuca teria reconhecido os suspeitos por foto e pessoalmente quando Juninho foi preso. “Por causa do acordo, os responsáveis pela tentativa de homicídio não seriam reconhecidos por Tuca perante a justiça. Ele teria recebido R$ 2 mil para sustentar isso. Em uma audiência, Juninho Nazaré também cumpriu o acordo e não reconheceu Silvinho, mesmo tendo feito isso na DP. Para se ter uma idéia, o Silvinho só não foi preso por causa desse acordo que já foi comprovado através investigações”, garante Ronaldo.

O policial lembrou ainda que, desde julho do ano passado, as ações dos traficantes nos bairros Getúlio Vargas e Vila Delgado vêm sendo monitoradas. “Sabemos que o tráfico de drogas é difícil de acabar, mas como essas prisões que realizamos até agora, conseguimos enfraquecer as quadrilhas. Com isso, estamos evitando que os envolvidos cometam crimes, como homicídios. Com isso, Barra Mansa está se mantendo no quadro com índices de crimes tolerados”, ressalta.

Postado em 13/04/2012 15:45:24

 
 
 
   
Outras notícias
10/07/2104 PM prende jovem suspeito de roubo
18/01/2018 Casal fica sob a mira de armas e tem caminhão levado por assaltantes
30/07/2014 Homem é detido sob suspeita de tentar furtar carros no Conforto
 
Comentários
01  q negão feio com essa lingua nogenta arg!!!
| 14/04/2012 00:21h
 
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

CDL lança campanha para aumentar vendas no Dia dos Pais
VOLTA REDONDA
Negociação entre Sindicato e CSN vai parar na Delegacia do Trabalho
 
BARRA MANSA
Revendedora de motos estaria cometendo propaganda enganosa
 
VOLTA REDONDA
Parque Industrial vai receber Indústria de Cosméticos
 
 

Variedades

'Vinícius de Moraes... É demais!' encerra temporada no Casarão Penedo
Cidade do Aço aniversaria e fãs ganham show de Luan Santana
Elas constroem a própria história
Nova exposição no Centro Cultural Theophilo Massad
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.