FacebookTwitter Hoje é quarta-feira, 23 de julho de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Maria Elisa disputa quartas-de-final em Haia saiba mais Maria Elisa e Juliana ficam em quarto lugar na Suíça saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
14º 24º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Assassino de Apolo é detido em Mangaratiba

FOTO: SANTANA
Gleison de Abreu, conhecido como Japão foi apresentado hoje a imprensa

BARRA MANSA

Em uma rápida ação, policiais da 90ª Delegacia de Polícia (DP), conseguiram prender em menos de 24 horas o assassino de Reginaldo Pinto Ribeiro de 47 anos, conhecido como Apolo, morto na noite do último domingo, no Centro. Gleison de Abreu Silva, de 32 anos – conhecido como Japão – foi encontrado na tarde de ontem em uma residência em Mangaratiba e confessou ter cometido o crime. Além disso, ele também falou à polícia que Apolo não seria o alvo, tendo matado então a pessoa errada.

De acordo com o delegado Ronaldo Aparecido, a dificuldade maior foi localizar a residência em que Gleison estava. “Assim que soubemos do homicídio, eu e o delegado-adjunto Michel Floroschk iniciamos a investigação. Sabíamos que ele estava em Mangaratiba em uma comunidade chamada Conceição do Jacareí. Quando conseguimos localizar a rua, tivemos que fazer um trabalho maior para não entrar na casa errada e ele fugir pela mata atrás das residências”, explicou o delegado que completou falando que eles tiveram apoio de um policial militar da Costa Verde que conhecia a localidade.

“O imóvel foi cercado e o surpreendemos. Quando entramos, ele estava de pé na porta do quarto e quando viu a polícia, deu um passo para trás e jogou a pistola no meio de roupas que estavam no armário”, ressaltou Ronaldo.

Os agentes conseguiram localizar Japão por ele já está sendo investigado por outros crimes, inclusive um homicídio há cerca de dois meses. Ele é apontado como assassino de uma facção criminosa e contra ele existe suspeita de mais de 50 homicídios cometidos. “Trata-se de uma pessoa voltada para isso, um matador nato”, descrevei o delegado, acrescentando que há suspeita do envolvimento dele com traficantes de favelas no Rio de Janeiro.

 

Com Japão, foi encontrada uma pistola calibre 9 mm, de fabricação israelense, conhecida como ‘Jericó’, além de cinco munições intactas e uma touca ninja. O suspeito falou aos policiais que essa é a melhor arma que ele já usou e que adquiriu ela por R$ 5 mil. Foi apreendido também um carro modelo City, de cor grafite, com placa do Rio de Janeiro.

Japão disse poucas palavras à imprensa, apenas que matou Apolo por engano e que o crime havia sido motivado por raiva. Ele será transferido para o presídio localizado em São Gonçalo – município da região metropolitana do Rio.

O crime

Reginaldo Pinto Ribeiro, conhecido como Apolo, foi morto na tarde de domingo, por volta das 18 horas, na Rua Michel Wardini, no Centro. A vítima saía de casa para trabalhar. Ele atuava como segurança em uma casa noturna e em uma joalheria, no Centro.

Apolo foi atingindo por seis disparos de arma de fogo e chegou a ser encaminhado para a Santa Casa pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Postado em 04/02/2014 16:44:23

 
 
 
   
Outras notícias
10/07/2104 PM prende jovem suspeito de roubo
18/01/2018 Casal fica sob a mira de armas e tem caminhão levado por assaltantes
22/07/2014 Homem é morto com dois tiros na cabeça
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

Curso de Engenharia de Produção utiliza equipamentos 3D
ANGRA DOS REIS
Lojas antecipam liquidação de inverno
 
PORTO REAL
Peugeot divulga queda na produção na unidade da região
 
RESENDE
Comissão define novo Estatuto do Servidor
 
 

Variedades

'Vinícius de Moraes... É demais!' encerra temporada no Casarão Penedo
Cidade do Aço aniversaria e fãs ganham show de Luan Santana
Elas constroem a própria história
Nova exposição no Centro Cultural Theophilo Massad
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.