FacebookTwitter Hoje é quarta-feira, 3 de setembro de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Suspeitos de homicídio são presos na Vila Nova e Santa Rosa saiba mais Adolescente é assassinado no Camorim saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
14º 28º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Dois ciganos são presos sob suspeita de duplo homicídio

FOTO: DIVULGAÇÃO
SEGUNDO a polícia pode ter ocorrido por vingança

Porto Real/Itatiaia

 

Uma operação conjunta das Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal terminou com a prisão dos ciganos Manoel Soares, 43 anos, e Almir Soares, 37 anos, suspeitos de duplo homicídio ocorrido em Porto Real, na noite de quarta-feira. Os vendedores Carlos Teixeira Sobrinho, 55 anos – natural do Rio de Janeiro, e Luiz Rogério de Souza Anastácio, 45 anos – natural de Barra do Piraí, foram assassinados a tiros por volta de 19h30min, na Rua 31, esquina com a Avenida B, no bairro Freitas Soares.

Após uma hora, a dupla foi detida em um cerco policial na Rodovia Presidente Dutra, sentido São Paulo, na altura de Itatiaia. Os segundos-sargentos Dantas e Júlio César – do Setor Romeu do 37º Batalhão de PM, a equipe da 100ª Delegacia Legal de Porto Real – composta pelo investigador Richard (chefe do Setor de Investigações), o comissário Arthur, a oficial de cartório Camila e o inspetor Guerra – e os policiais rodoviários Alexandre e Demétrius participaram da ação.

De acordo com o registro de ocorrência feito na 100ª DP, por volta de 19h40min, os policiais militares estavam em patrulhamento no município, quando avistaram uma aglomeração de pessoas em torno de um micro-ônibus de vendedores de travesseiros. Logo, os agentes foram avisados por populares que haviam escutado vários estampidos de arma de fogo. Em seguida, a PM encontrou os corpos de Luiz Rogério, que apresentava um ferimento provocado por tiro, e de Manoel, aparentemente atingidos por 17 disparos, no interior do veículo em questão. Testemunhas ainda revelaram que o autor dos disparos, que seria cigano, empreendera fuga em direção a Dutra. Desta forma, os PMs repassaram as características fornecidas para a sala de operações. Diante da situação, as forças policiais comunicadas sobre o crime efetuaram um cerco nas imediações do episódio e nas possíveis rotas de fuga.

Posteriormente, os corpos das vítimas foram removidos pelo rabecão para o Instituto Médico Legal (IML) de Resende.

 

AÇÃO IMEDIATA

 

Depois de algum tempo, policiais rodoviários conseguiram deter os ciganos Manoel e Almir, que são vendedores, em um veículo Celta de cor prata, ano 2011, placa HOJ-5368, de Belo Horizonte, Minas Gerais, em uma barreira montada na Via Dutra, na altura de Itatiaia. Durante revista no automóvel, a PRF localizou uma pistola de calibre 380, da marca Taurus, com uma munição na câmara. Na ocasião, Manoel teria apresentado um Certificado de Registro de Arma de Fogo – emitido pelo Exército Brasileiro com validade até o dia 25 de junho de 2016, além da guia de transporte da mesma.

Dando continuidade às buscas, os policiais ainda arrecadaram um kit de limpeza de arma, três celulares – das marcas Alcatel, LG e Motorola – e 21 munições de calibre 380 da CBC. Um certificado de registro no nome de Manoel, emitido pelo Exército e relacionado às atividades de colecionador, caçador, tiro prático e uso desportivo atirador, também foi apreendido.

Conforme as investigações preliminares da Polícia Civil, a vítima Carlos, que morava em Potim, São Paulo, respondia a um processo por homicídio na cidade paulista de Aparecida. Na delegacia, um vendedor, de 22 anos, informou que seu pai Carlos havia sido apontado como suposto autor do assassinato de um cigano. Na época, o pai do cigano teria feito ameaças de morte a Carlos. Com medo, segundo consta do registro, Carlos fugira para o Rio de Janeiro, onde cometera um roubo e ficara preso por quase três anos. Recentemente, ele teria retornado a Potim.

De acordo com a PM, populares apontaram Manoel como sendo o pai do cigano executado em 2008. Manoel teria sido alertado por um cigano sobre a presença de Carlos em Porto Real. A principal linha de investigação indica que o duplo homicídio pode ter sido motivado por vingança.

Também consta do registro que o proprietário do micro-ônibus Luiz Rogério, Carlos, o jovem, de 22 anos, e um homem, de 41 anos – todos residentes em Potim – vendiam travesseiros na região.

O caso foi apresentado na 100ª DP. Seis estojos de calibre 380 e três projéteis arrecadados pelo perito criminal foram apreendidos, além do material encontrado no carro. Manoel – natural de Suzano, em São Paulo, e morador da Fazenda da Barra III, em Resende – e Almir – natural de Suzano e residente no bairro de Fátima, em Porto Real – foram autuados com base no artigo 121, parágrafo 2º, inciso IV, do Código Penal (duplo homicídio qualificado).

 

Postado em 07/02/2014 10:32:22

 
 
 
   
Outras notícias
18/01/2018 Casal fica sob a mira de armas e tem caminhão levado por assaltantes
02/09/2014 Jovem empina moto ao ir comprar salgadinho e quase atinge policial
02/09/2014 Adolescente é encontrado com 13 trouxinhas de maconha
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 46 milhões
PORTO REAL
Comitê de Implementação da Lei Geral dos MEIs é capacitado
 
BARRA MANSA
Lojistas esperam aumentar vendas com lançamento de nova coleção
 
RESENDE
Município gera desconto em IPTU a partir de crédito do ISS
 
 

Variedades

Beldades vão representar Angra em concursos de beleza
'Vinícius de Moraes... É demais!' encerra temporada no Casarão Penedo
Cidade do Aço aniversaria e fãs ganham show de Luan Santana
Elas constroem a própria história
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.