FacebookTwitter Hoje é sábado, 19 de abril de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Ciclista é atropelado na Lúcio Meira saiba mais Idoso é preso por porte ilegal de arma de fogo saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
19º 28º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Presos da Casa de Custódia vão ganhar festa de Natal

FOTO: ARQUIVO

VOLTA REDONDA

O secretário geral do Movimento Ética na Política (MEP), José Maria da Silva, o Zezinho, junto a uma equipe, visitou no dia 1º a Casa de Custódia de Volta Redonda para definir os detalhes da festa de Natal que será dada aos presos. Segundo ele, a visita, além de servir para ajudar na organização da festa, serviu para levar o cheiro da liberdade aos encarcerados.

“Oxigeno minhas esperanças em um mundo novo. Já pensamos, por exemplo, em nossa liberdade? Como a temos e nem percebemos? Os mais de 300 presos sonham e esperam por ela, brigam por ela, e às vezes por causa dela voltam às celas”, salientou Zezinho, explicando que a equipe simples e dedicada que o acompanhou na visita acredita no Salvador Jesus Cristo fazendo o mais bonito testemunho, mais com a presença amorosa do que com muitas palavras.


“Fui para experimentar minha liberdade e levar o ‘cheiro’ dela para os encarcerados”, disse Zezinho, repetindo uma frase retirada do Evangelho: “Estive preso e tu me visitaste”, citou. “Acredito que visitei a cada um, neste momento, em sua doce liberdade”, continuou.

De acordo com Zezinho, durante a visita à Casa de Custódia a ocasião foi diferente das outras visitas das quais já participou. “Lá na Casa de Custódia, ao senti-los, vê-los de perto, foi diferente das outras vezes. Alguns deles manifestaram o carinho pela visita. Ouvi deles a vontade de sair para aprender a andar na rua e flutuar. Outro disse estar com saudade de andar de ônibus, ver paisagens, pessoas”, detalhou Zezinho, citando a frase mais forte que ouviu de um dos presos: “Aqui o ônibus está parado, temos grades, paredes e conversas que não ajudam”, finalizou.

Postado em 07/12/2011 10:33:00

 
 
 
   
Outras notícias
18/01/2018 Casal fica sob a mira de armas e tem caminhão levado por assaltantes
27/06/2014 Mãe é suspeita de abandonar bebê em estrada
16/04/2014 VANS DA POLÍCIA MILITAR PROMOVEM EXAMES PERIÓDICOS
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

Nissan do Brasil inicia atividades em Resende
Agricultores de Floriano recebem certificação de produtos orgânicos
 
Rechuan recebe Dilma e Pezão na inauguração da Nissan
 
ITATIAIA
Prefeitura prorroga prazo do Programa de Recuperação Fiscal
 
 

Variedades

'Temos Vagas' retrata vida de jovem do interior na capital Fluminense
Aniversário da Ponte Velha é comemorado com exposição e auto
Exposição mostra história de Pereira Passos
Patrícia Correa: a arte de fotografar bebês
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.