FacebookTwitter Hoje é quinta-feira, 18 de setembro de 2014
PLANTÃO   |   NEWSLETTER
 
 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 
 
A Voz da Cidade

Plantão da Voz da Cidade

Equipe da P2 cumpre mandado de prisão na Nova Alegria saiba mais Ação da PM acaba com detidos em baile funk na Nova Alegria saiba mais
BARRA MANSA Previsão para todas as cidades
18º 25º
MÍNIMA
MÁXIMA
 
 

TAGs

 
 

Cadastre-se

Faça seu cadastro e tenha acesso ao arquivo, à seção múltipla e às promoções.
 
 

   

Câmara aprova projeto de lei sobre destinação adequada de pneus

PORTO REAL

 

A Câmara de Vereadores aprovou, na semana passada, o projeto de lei n°016/2013 de autoria dos vereadores Elias Vargas (PV) e Roberta Rosário (PMDB), que dispõe sobre a destinação ambiental adequada dos pneumáticos inservíveis existentes no município. De acordo com o projeto, todos os pneus novos, usados, reformados e velhos deverão ser armazenados no estabelecimento de maneira ordenada e classificada, conforme as suas dimensões. O projeto deverá ser sancionado pelo Executivo nos próximos dias.

Os estabelecimentos comerciais de Porto Real como distribuidores, revendedores, borracharias, prestadores de serviços de reforma e demais segmentos que manuseiem pneus inservíveis ficam obrigados a possuir locais seguros para recolhimento dos pneus, atendendo as normas técnicas e legislação em vigor. Além disso, segundo o vereador Elias Vargas, os estabelecimentos ficam obrigados a fixar placas alertando os consumidores sobre o perigo de jogar os materiais em locais inadequados. “Essas placas devem estar em local visível para que os consumidores saibam sobre o perigo que é descartar os pneus na natureza. Os locais de armazenamento devem ser cobertos e fechados para evitar acúmulo de água e proliferação da dengue; ser sinalizados alertando para os riscos do material ali armazenado e atender ao disposto na legislação ambiental em vigor”, explica Elias, acrescentando que a prefeitura deve incentivar a implantação de unidades de reciclagem de pneus inservíveis, bem como a utilização alternativa de maneira ambientalmente adequada. “Enquanto não houver um sistema de coleta e destinação final ambientalmente correta por parte dos fabricantes e importadores de pneus, caberá à prefeitura disponibilizar local adequado para recebimento desses materiais, dando-lhes a destinação correta”, salienta.

Já a vereadora Roberta informa que, durante três meses seguidos, a prefeitura deverá divulgar junto à população e aos estabelecimentos o projeto. “A prefeitura ficará responsável por realizar campanhas esclarecendo sobre os riscos que os pneus representam ao meio ambiente e à população, orientando sobre a destinação ambientalmente correta desses materiais”, comenta a vereadora, ao acrescentar que os estabelecimentos que não cumprirem a lei ficam sujeitos à multa de R$ 500,00 e, em caso de reincidência, à multa de R$1mil e a cassação da licença do comércio. “Também estão sujeitas às penalidades as pessoas que realizem o descarte de pneus em locais inapropriados”, conclui. 

Postado em 27/08/2013 13:00:45

 
 
 
   
Outras notícias
01/10/2014 Presidente do Pros recebe deputado federal Hugo Leal
18/09/2014 Candidato a Deputado Estadual em entrevista exclusiva para A Voz da Cidade
18/09/2014 Procuradoria adverte partidos contra crimes eleitorais
 
Envie seu comentário
* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
   
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais
e aceito seus termos de forma integral. 
 

Economia

VOLTA REDONDA
Apresentação sobre trem regional de passageiros
BARRA MANSA
Sine Barra Mansa deve receber carteira digital até o fim do ano
 
ITATIAIA
Jaguar Land Rover divulga projetos para Itatiaia
 
Obras civis de Angra 3 voltarão ao ritmo normal
 
 

Variedades

Beldades vão representar Angra em concursos de beleza
'Vinícius de Moraes... É demais!' encerra temporada no Casarão Penedo
Cidade do Aço aniversaria e fãs ganham show de Luan Santana
Elas constroem a própria história
 
Arquivo  |  Expediente  |  Assine   |   Anuncie  |   Pautas e Denúncias  |  Newsletter  |  Fale Conosco  |  Mapa do Site
© 1999 – 2011. Todos os direitos reservados.